O refugo na produção industrial

sistema de visão industrial
4 de julho de 2019

O refugo no processo produtivo da indústria representa desperdícios de recursos e impactos negativos na produtividade. Entenda o motivo!

Em um sistema de produção moderno, a redução de refugos no ambiente industrial é fator decisivo para quem busca competitividade com qualidade e produtividade. Por isso, gestores e empresários se voltam para ferramentas que otimizam processos e diminuem as perdas na cadeia produtiva da indústria, tão importante para o desenvolvimento da economia nacional.

Para se ter uma ideia, hoje a indústria representa 21,4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, de acordo com dados da Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Sem falar que a atividade responde por 70,1% das exportações de bens e serviços e por 33% dos tributos federais, exceto as receitas previdenciárias.

Dessa forma, se faz imprescindível a identificação e correção de falhas ao longo do processo produtivo, com a implementação de estratégias e ferramentas de qualidade. Tudo para evitar prejuízos por conta dos refugos, os quais são vendidos por valor abaixo do mercado ou inutilizados.

Nesse artigo, vamos explicar que o refugo é sinônimo de retrabalho, desperdícios e mais gastos dentro da atividade industrial – e como reduzir seus índices na produção. Confira!

As perdas no sistema produtivo

Os Indicadores Industriais mostram que a atividade do setor em setembro de 2020, no Brasil, foi excepcionalmente forte. Dados da CNI apontam que o faturamento do período é o maior desde outubro de 2015. Além disso, as horas trabalhadas na produção aumentaram 2,8%, estando bem próximas do patamar de antes do início da pandemia.

Isso significa que a indústria nacional está a todo o vapor, com empresas inseridas em um ambiente de alta competitividade e preocupadas em acompanhar a velocidade das mudanças tecnológicas e organizacionais. Sempre mantendo o foco na qualidade, racionalização dos processos produtivos, aumento da produtividade e na satisfação dos clientes.

Sendo assim, as perdas no sistema produtivo são um entrave a ser combatido, com investimentos em soluções que levem à eliminação do desperdício. Tais perdas acontecem devido à superprodução, transporte, processamento em si, fabricação de produtos defeituosos, movimentação improdutiva, altos estoques e espera no processo produtivo, por conta de fatores como quebra de máquinas, falta de matéria-prima e sincronismo, ou paradas para inspeção.

E muitas dessas perdas resultam em retrabalho e em refugos, com prejuízos no que se refere à matéria-prima, tempo e dinheiro, com custos diretos e indiretos. Um exemplo disso surge quando produtos fora da conformidade chegam às mãos do cliente, comprometendo a imagem da empresa perante o mercado e os consumidores.

Mas o que realmente significa o refugo no ambiente industrial e como ele acontece? Vamos entender melhor!

O que é refugo?

No Dicionário Online de Português, vemos o significado de refugo como “Coisa desprezada, considerada inútil”. Para a indústria, o termo não é muito diferente.

O refugo na indústria

O refugo representa todo o material que não pode mais ser utilizado no processo de produção, tanto por estar fora das especificações e características, como por ficar impossibilitado de ser reprocessado.

Isso representa perda de dinheiro investido, desequilíbrio na linha de produção, deficiência no planejamento e a falta de eficiência produtiva. Um problema que é realidade em muitas indústrias e independe do tamanho ou tipo de produção.

Como reduzir o refugo?

Apesar de ser muito difícil eliminar completamente o retrabalho ou o refugo, existem soluções que otimizam os controles e garantem menos desperdícios e redução de custos. São ajustes e estratégias ligados à produtividade, os quais vamos listar a seguir:

Documentação da estrutura de produto

É muito comum as indústrias apresentarem suas documentações de produto apenas por meio do software Computer Aided Design (CAD), em português Desenho Assistido por Computador. O problema é que, ao confiar exclusivamente em desenhos de CAD, são maiores as chances de erro e geração de retrabalho e sucata, pois os desenhos não conseguem capturar informações de lista técnica complexas.

Além disso, é importante criar as estruturas de produtos por meio das listas de materiais, chamadas na manufatura de Bill of Materials (BOM). Isso vale para cada produto e precisa ser feito de forma técnica e precisa, já que essas são as informações de base para vários outros processos dentro da indústria.

Documentação e monitoramento do processo de produção

Outro ponto que contribui para a redução do refugo e de custos é o monitoramento rigoroso de todo o processo produtivo. Isso vai desde a entrega de um roteiro de produção aos operadores, passando pelas instruções de trabalho e chegando às ferramentas que devem ser utilizadas em cada etapa da produção.

Gerenciamento de mudanças e versões

Quando são implementadas mudanças e correções na linha de produção, o gerenciamento correto das versões também influencia na redução dos refugos. Existem softwares de gestão que agilizam a comunicação e facilitam o trabalho em equipe, o que evita atrasos no processo produtivo e os refugos de produção.

Colaboradores treinados

O treinamento e a capacitação constante dos colaboradores que atuam na cadeia de suprimentos têm impactos diretos na produtividade, bem como no aumento da qualidade nas linhas de produção. E mais: operadores alinhados com o projeto diminuem as chances de erros e a geração de refugo.

Inspeção de processos

A inspeção de processo é aquela realizada pelo próprio operador para identificar se o produto está em conformidade com os parâmetros e características definidas pela engenharia. Esse tipo de inspeção acontece após cada etapa de produção e auxilia na minimização das perdas de peças e nos retrabalhos.

A importância da medição

Para que seja possível garantir a redução do retrabalho e o aparecimento de refugo, é necessário o investimento em equipamentos e processos de medição e controle. Isso irá representar ganhos em qualidade, produtividade e segurança. O uso de sensores e o investimento em processos de nivelamento e alinhamento dos equipamentos auxiliam na identificação precoce de desvios, controles dimensionais não confiáveis etc.

Equipamentos modernos

Equipamentos modernos garantem mais eficiência nos processos de medição, ajudando a posicionar peças e componentes com um grau de confiabilidade superior. Investir em equipamentos de última geração pode reduzir drasticamente os refugos na produção.

Sistema de visão industrial

A verificação constante do processo produtivo é outra forma de garantir a qualidade de um produto, para que ele chegue aos fornecedores e consumidores finais com as características esperadas, com o menor índice de refugo possível gerado no processo. E isso pode ser feito com soluções eficazes usando um sistema de visão industrial.

Graças à automação industrial, a checagem de inúmeros detalhes em um produto (de peças pequenas às embalagens) pode ser realizada de maneira rápida e com máxima eficiência. Nesse contexto, tanto os sensores de visão industriais quanto as câmeras específicas para o ambiente industrial são fundamentais na verificação de todo o processo, com alta tecnologia.

Os sensores são capazes de identificar, por exemplo, se as peças de um produto na esteira estão bem fixadas, além de averiguar diversos pontos do item ao mesmo tempo e localizar componentes colocados de forma aleatória no produto, como parafusos e porcas.

Afinal, menos itens com defeitos resultam não apenas na redução do desperdício por conta do refugo, mas também na diminuição do tempo de máquinas paradas devido a falhas ou mesmo para manutenção programada. Medidas que refletem na maior produtividade no chão de fábrica.

As câmeras são outro excelente recurso, disponibilizando imagens em alta resolução da linha de produção, além de serem utilizadas para verificar códigos, melhorando a rastreabilidade de todos os itens. Existe, ainda, o leitor de código de barras portátil, a qual permite a leitura rápida e confiável de etiquetas, placas de circuito, peças metálicas e muito mais.

Soluções Balluff

Se você busca atingir alta produtividade com o menor índice possível de erros e refugo, a Balluff oferece uma gama de soluções que monitoram com confiabilidade os produtos e processos da sua empresa.

Com uma variedade de tecnologias para atender às necessidades do ambiente industrial, os sistemas permitem rastreabilidade contínua em toda a cadeia do processo produtivo. Na Balluff, é possível encontrar as câmeras industriais e as Smart Cameras, que são equipamentos para rastreamento, controle de qualidade e tarefas de posicionamento que identificam os erros de fabricação e processamento.

Acesse o site e confira tudo o que a Balluff oferece para otimizar o processo produtivo de maneira eficaz e com o melhor custo/benefício!

 

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email