O que perguntar antes de construir um sistema RFID para atender às suas necessidades de rastreabilidade?

IO-Link
Tecnologias compatíveis com IO-Link que podem ser úteis para sua indústria
30 de maio de 2019
Sensores indutivos Balluff
Sensores indutivos Balluff: por que os dispositivos são a melhor escolha para seu negócio?
13 de junho de 2019
RFID

Um sistema RFID industrial é uma solução poderosa para documentar de forma confiável e abrangente as etapas de trabalho individuais em ambientes de fabricação. Mas um sistema RFID industrial que atenda às necessidades de sua aplicação não está prontamente disponível no mercado. Para construir o sistema ideal, é importante considerar quais problemas você espera que o RFID resolva e qual o retorno esperado com esse investimento.


Vantagens do RFID

O RFID pode oferecer muitos benefícios, incluindo a visibilidade do processo e o fornecimento de dados necessários para gerenciar melhor a qualidade do produto. Pode ser usado para melhorar a segurança, a satisfação e as margens de lucro. Pode até mesmo ser usado para ajudar a cumprir os padrões regulatórios ou para gerenciar recalls de produtos.

E o RFID pode ser usado em uma ampla gama de aplicações, desde áreas amplas - como gerenciamento de suprimentos e rastreamento de estoque - até aplicações mais específicas. Esses aprimoramentos podem melhorar o tempo da operação, o custo ou o desempenho, embora geralmente não sejam todos os três.

É essencial entender e documentar a meta e como as melhorias serão medidas para planejar um sistema RFID (leitores, antenas, tags, cabos) para melhor atender a essas metas.


Questões relevantes a considerar para a implantação do sistema RFID

Outras questões importantes a considerar antes de colocar em prática a solução de rastreabilidade por RFID são:

- Em qual ambiente o sistema será executado? Será utilizado no interior ou no exterior? Será exposto a líquidos (líquidos de limpeza, líquidos refrigerantes, óleos de máquinas, produtos cáusticos) ou temperaturas altas ou baixas?

- O sistema RFID precisa trabalhar com códigos de barras ou qualquer outra informação legível por humanos?

- Quais são as expectativas de desempenho para os componentes? Qual é a distância do intervalo de leitura/gravação da cabeça para a tag? Qual é o tempo do ciclo da estação? A etiqueta está montada em metal? A etiqueta precisa ser reutilizada ou descartável? Qual bus de comunicação é necessário?

- O sistema será centralizado ou descentralizado? O sistema será apenas placa de licença ou conterá dados do processo na tag?

- Como os dados nas tags serão utilizados? As informações serão utilizadas para interagir com um CLP, banco de dados ou ERP? Será usado para fornecer MES ou funcionalidade lógica? Ou para fornecer dados para uma interface de IHM ou navegador da Web/nuvem?

- O sistema será obrigado a cumprir quaisquer regulamentos ou normas internacionais? Em caso afirmativo, quais: EPC Global, Classe 1 Gen 2 (somente UHF), ISO 15693 ou 14443 (somente HF)?

Assim, com um conjunto claro de objetivos e metas, exigências mecânicas e físicas listadas, e respondendo às perguntas acima (e também com a orientação de um especialista no processo de implantação), um sistema RFID pode ser configurado para atender às suas necessidades e oferecer um forte retorno sobre o investimento. Se você ficou interessado em saber mais sobre o uso do RFID na indústria, baixe agora o white paper gratuito sobre Sensores e RFID da Balluff!

Fonte: Blog Balluff EUA.