Novas perspectivas para a automação industrial na indústria 4.0

A inovação do IO-Link como 1o passo para a Internet das Coisas na indústria
A inovação do IO-Link como 1º passo para a Internet das Coisas na indústria
13 de março de 2019
Robôs colaborativos: um passo à frente na automação industrial
Robôs colaborativos: um passo à frente na automação industrial
29 de março de 2019
Balluff

As profundas transformações da indústria 4.0 trazem impactos a empresas de todos os portes e segmentos. E, apesar do Brasil ainda se encontrar apenas na 64a posição no ranking do Índice Global de Inovação, de acordo com dados de 2018, é fato que as tecnologias integradas da 4a Revolução Industrial avançam cada vez mais no mercado. Sua empresa está preparada para essas mudanças?

Este é o momento de avaliar o conceito e suas novas perspectivas para a automação!


IOT, a Internet das Coisas que vem para trazer inovação dos escritórios ao processo produtivo

Um dos pilares da indústria 4.0 é a Internet das Coisas (IOT). Isso porque, junto aos avanços em inteligência artificial e big data, a integração e a troca de dados do conceito de IOT tornam os processos de fabricação de produtos muito mais eficiente e econômico. E ainda vão além, afinal, hoje a IOT está auxiliando também no cotidiano dos escritórios.

Mas, quando se trata especificamente do "chão de fábrica", como o IOT Industrial possibilita que as companhias deem o próximo passo na era da 4a Revolução Industrial? Basicamente, trata-se da conexão entre os dispositivos no ambiente fabril. Com isso, é possível coletar dados e ter uma visão geral de cada uma das máquinas e de toda a linha que as conecta, identificando falhas que precisam ser corrigidas e gerando insights a partir dessas informações, para que o processo sempre passe por melhorias contínuas.

Na prática, isso é feito por meio de sensores industriais inteligentes que contam com padrões de comunicação como o IO-Link. Uma vez instalados em meio ao processo produtivo, os dispositivos fornecem dados em tempo real para o sistema da empresa, sejam eles sobre pressão, temperatura ou nível, por exemplo.

Em outras palavras, com a conectividade que hoje a IOT permite na área de automação industrial, as empresas reduzem custos e ganham mais eficiência nos processos. Afinal:

- Falhas são evitadas;

- Erros são reparados em menos tempo;

- Máquinas predispostas a apresentarem algum problema são identificadas mais rapidamente;

- E oportunidades de aprimorar o fluxo de trabalho são reconhecidas com mais facilidade.


Dados que levam à excelência do Business Intelligence no mercado de automação industrial

A integração de dados entre as máquinas é apenas o começo do grande passo que o IOT proporciona no contexto da automação industrial. A tecnologia, junto à inovação do armazenamento dos dados em nuvem e do uso do Big Data resultam em algo ainda mais completo, que é fundamental para o crescimento da organização: Business Intelligence.

É com base nessa coleta e armazenamento dos dados do que ocorre na fábrica que a gestão se torna muito mais completa e eficiente. Afinal, com as informações necessárias sempre à mão, monitorando-as 24h por dia, a tomada de decisão é rápida e precisa, características, aliás, que condizem com a agilidade necessária para sobreviver em meio à indústria 4.0.

Quer saber mais sobre indústria 4.0? Baixe nosso e-book gratuito e descubra como tornar sua empresa mais eficiente agora!