Balluff
Balluff Brasil
Balluff Brasil
21 de março de 2019

Novas perspectivas para a automação industrial na indústria 4.0

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

As profundas transformações da indústria 4.0 trazem impactos a empresas de todos os portes e segmentos. E, apesar do Brasil ainda se encontrar apenas na 64a posição no ranking do Índice Global de Inovação, de acordo com dados de 2018, é fato que as tecnologias integradas da 4a Revolução Industrial avançam cada vez mais no mercado. Sua empresa está preparada para essas mudanças?

Este é o momento de avaliar o conceito e suas novas perspectivas para a automação!

 

IOT, a Internet das Coisas que vem para trazer inovação dos escritórios ao processo produtivo

Um dos pilares da indústria 4.0 é a Internet das Coisas (IOT). Isso porque, junto aos avanços em inteligência artificial e big data, a integração e a troca de dados do conceito de IOT tornam os processos de fabricação de produtos muito mais eficiente e econômico. E ainda vão além, afinal, hoje a IOT está auxiliando também no cotidiano dos escritórios.

Mas, quando se trata especificamente do “chão de fábrica”, como o IOT Industrial possibilita que as companhias deem o próximo passo na era da 4a Revolução Industrial? Basicamente, trata-se da conexão entre os dispositivos no ambiente fabril. Com isso, é possível coletar dados e ter uma visão geral de cada uma das máquinas e de toda a linha que as conecta, identificando falhas que precisam ser corrigidas e gerando insights a partir dessas informações, para que o processo sempre passe por melhorias contínuas.

Na prática, isso é feito por meio de sensores industriais inteligentes que contam com padrões de comunicação como o IO-Link. Uma vez instalados em meio ao processo produtivo, os dispositivos fornecem dados em tempo real para o sistema da empresa, sejam eles sobre pressão, temperatura ou nível, por exemplo.

Em outras palavras, com a conectividade que hoje a IOT permite na área de automação industrial, as empresas reduzem custos e ganham mais eficiência nos processos. Afinal:

– Falhas são evitadas;

– Erros são reparados em menos tempo;

– Máquinas predispostas a apresentarem algum problema são identificadas mais rapidamente;

– E oportunidades de aprimorar o fluxo de trabalho são reconhecidas com mais facilidade.

 

Dados que levam à excelência do Business Intelligence no mercado de automação industrial

A integração de dados entre as máquinas é apenas o começo do grande passo que o IOT proporciona no contexto da automação industrial. A tecnologia, junto à inovação do armazenamento dos dados em nuvem e do uso do Big Data resultam em algo ainda mais completo, que é fundamental para o crescimento da organização: Business Intelligence.

É com base nessa coleta e armazenamento dos dados do que ocorre na fábrica que a gestão se torna muito mais completa e eficiente. Afinal, com as informações necessárias sempre à mão, monitorando-as 24h por dia, a tomada de decisão é rápida e precisa, características, aliás, que condizem com a agilidade necessária para sobreviver em meio à indústria 4.0.

Quer saber mais sobre indústria 4.0? Baixe nosso e-book gratuito e descubra como tornar sua empresa mais eficiente agora!

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.