Faça de 2020 o ano da fabricação inteligente

Adequação à NR12: melhore o índice de segurança de suas máquinas com Safety over io-link
3 de dezembro de 2019
solucoes-de-conectividade-de-sensores-e-dispositivos-para-robos-colaborativos
Soluções de conectividade de sensores e dispositivos para robôs colaborativos
17 de dezembro de 2019
O final de 2019 está cada vez mais próximo. É hora de começar a pensar nas resoluções de Ano Novo. Geralmente, essas metas de fim de ano são pessoais - uma promessa de comer melhor, malhar ou economizar dinheiro. Mas o começo de um ano novo no calendário também é um bom momento para reavaliar as práticas de negócios e ver como podemos melhorar a área de trabalho. E, quando entramos em uma nova década, uma das áreas que todo fabricante precisa considerar é a fabricação inteligente.

A fabricação inteligente usa dados e tecnologia em tempo real para ajudá-lo a atender as demandas e condições em constante mudança na fábrica e na cadeia de suprimentos, a fim de suprir as necessidades do cliente. Essa definição precisa, mas aparentemente vaga, significa que a implementação de uma manufatura inteligente no local de trabalho pode ajudá-lo a encontrar uma série de questões que afetam negativamente a eficiência e os resultados. A implementação da fabricação inteligente pode:
Balluf INFOGRÁFICO

Essas são grandes reivindicações, porém, todas possíveis com a modernização de nossos sistemas, que, para a maioria das empresas, há muito está atrasada. De acordo com as pesquisas mais recentes, 4 em cada 10 fabricantes têm pouca ou nenhuma visibilidade do status em tempo real de seus processos de fabricação. E uma porcentagem ainda maior está utilizando pelo menos alguns equipamentos que estão muito além da vida útil prevista.

Metade dos fabricantes só fica ciente dos problemas do sistema somente após uma falha. Isso é inaceitável em 2020. Assim como esperamos que nossos veículos pessoais nos alertem para os próximos problemas - pense na luz do motor de serviço ou no indicador de vida útil do óleo, precisamos de informações sobre a operação e o desempenho de nossos equipamentos de fabricação.

Obviamente, ingressar na próxima revolução industrial tem um custo, mas se colocarmos um valor em dólar no tempo de inatividade e avaliarmos o custo-benefício dos resultados esperados, entendemos que vale a pena. Afinal, é difícil argumentar com os números. Para colocar as atividades em prática, é preciso um planejamento. Veja a nossa dica de como trabalhar cada etapa para alcançar seus objetivos ainda mais rápido:
Balluf INFOGRÁFICO

Embora não precisemos do início de um novo ano para fazer grandes mudanças, a inversão da página do calendário pode nos dar o impulso necessário para avaliar onde estamos e onde queremos estar. Então, o que você está esperando? Pronto para começar 2020?

Acompanhe a Balluff no LinkedIN para se manter atualizado e inovar com mais facilidade em sua empresa!