Balluff Brasil
Balluff Brasil
24 de julho de 2020

A crise deve frear a melhoria contínua?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

É fato que a pandemia trouxe efeitos consideráveis em nossa rotina. Nossas academias estão fechadas, nossos refrigeradores estão cheios e temos mais opções de streaming do que nunca para nos mantermos felizes e desengajados.

Mas a COVID-19 não afetou apenas nossas casas e nossas cinturas. Causou um impacto ainda mais significativo em nossos locais de trabalho – e em como concluímos nossas tarefas. Algumas pessoas agora estão trabalhando de casa, enquanto as linhas de fabricação consideradas essenciais foram atualizadas para incorporar precauções de segurança adicionais, incluindo maior separação entre os trabalhadores.

Manter-se operacional pode ser uma luta, principalmente por termos uma força de trabalho reduzida e um aumento nas regulamentações. Portanto, é fácil usar desculpas para explicar por que nos desviamos de nosso compromisso com a melhoria contínua. Mas, mesmo em uma crise, essas são apenas desculpas. A melhoria contínua deve, realmente, ser contínua – mesmo em tempos de teste. Agora é um ótimo momento para examinar seus processos, revisar suas necessidades e implementar estratégias mais enxutas.

Faça um passeio para determinar quais desafios você está enfrentando e o que você pode resolver. Elimine processos desnecessários ou desperdícios de processos que não agregam valor ao cliente. E, como sempre, é muito importante acompanhar como as equipes se ajustam ao seu “novo normal”, mantendo uma comunicação clara e tornando o plano de cada departamento mais visível.

Toda crise pode ser uma oportunidade disfarçada. As crises podem fornecer uma perspectiva que você não tinha anteriormente, além de uma motivação extra para fazer alterações e melhorar seus processos. O bom gerenciamento inclui a otimização da situação atual: o que você pode fazer agora que antes não podia? Que portas isso abre? Como você poderia estar melhor preparado se isso acontecer novamente?

Então, sem desculpas: vamos começar o Lean!

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.