3 usos do sensor capacitivo na indústria alimentícia
Balluff Brasil
Balluff Brasil
7 de fevereiro de 2019

3 usos do sensor capacitivo na indústria alimentícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

O sensor capacitivo faz parte do rol de tecnologias capazes de multiplicar a eficiência, a qualidade e a produtividade nos processos produtivos. Os dispositivos detectam líquidos, granulados e todo tipo de pó, em contato direto ou através de paredes de recipientes não metálicos de forma precisa e, por esse motivo, são indispensáveis em diversos segmentos, principalmente no mercado de alimentos e bebidas.

Veja a seguir 3 usos desses sensores na indústria alimentícia.

 

1. Detecção de objetos sem contato

A detecção de objetos, inclusive em grandes distâncias, é uma característica muito útil dos sensores capacitivos. O produto pode ser utilizado para identificar sólidos e líquidos a granel na indústria, através de paredes de plástico e embalagens não metálicas. Além disso, sua atuação não é prejudicada por cores, poeira, superfícies reflexivas, brilhantes ou transparentes.

Seu formato construtivo, que varia entre 6,5mm e 25mm, permite total flexibilidade para a indústria.

 

2. Registro de nível de sólidos e líquidos

O monitoramento constante do nível de sólidos e líquidos em recipientes, tubos e reservatórios, através de paredes não metálicas, é fundamental. Na indústria de iogurtes e de leite, por exemplo, os dispositivos higiênicos imersos no tanque fornecem dados confiáveis para evitar a sobrecarga e o esvaziamento do recipiente.

Os sensores Balluff contam, ainda, com a patenteada tecnologia Smart Level, que compensa umidade, espuma e aderências, inclusive através de paredes de plástico ou vidro com até 10mm de espessura.

 

3. Verificação do nível em ambientes com alta pressão e temperatura

Há casos em que é necessária a utilização do sensor capacitivo com características especiais, como por exemplo ser resistente à pressão e temperatura nos ambientes mais exigentes.

Para ser capaz de suportar índices que ultrapassam os 250oC e pressões de até 150 bar, seu invólucro é fabricado a partir de materiais como aço inoxidável, plástico ou PTFE.

Quer saber mais sobre sensores? Baixe o white paper técnico gratuito da Balluff e saiba como aumentar a vida útil dos sensores industriais e a sua produtividade.

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.