Soluções de conectividade de sensores e dispositivos para robôs colaborativos

Faça de 2020 o ano da fabricação inteligente
12 de dezembro de 2019
Como resolver problemas de qualidade e melhorar o OEE em sistemas de visão para embalagens
19 de dezembro de 2019
solucoes-de-conectividade-de-sensores-e-dispositivos-para-robos-colaborativos
Sensores e dispositivos periféricos são uma parte crítica de qualquer sistema de robô, incluindo aplicativos colaborativos. Uma grande variedade de sensores e dispositivos é usada dentro e ao redor dos robôs, juntamente com dispositivos de atuação e sinalização. Integrá-los e conectá-los ao sistema e à rede de controle do robô pode apresentar desafios devido a múltiplos cabos (que, muitas vezes, são longos demais), anéis coletores, muitas terminações, altos custos de conexão, configurações inflexíveis e resolução de problemas difíceis. Porém, protocolos no nível do dispositivo, como o IO-Link, oferecem maneiras mais simples, econômicas e "abertas" de conectar esses sensores ao sistema de controle.

Assim como o corpo humano exige olhos, ouvidos, pele, nariz e língua para sentir o ambiente ao seu redor, para que as ações possam ser tomadas, um robô colaborativo precisa de sensores para concluir suas tarefas programadas. A operação colaborativa possui necessidades especiais de segurança e detecção, mas também têm necessidades comuns para detectar material de trabalho, acessórios, posição da garra, força, qualidade e outros aspectos do processo de fabricação . É aqui que os sensores entram.

Os sensores para robô colaborativos típicos incluem sensores indutivos, fotoelétricos, capacitivos, de visão, magnéticos, de segurança e outros tipos de sensores. Esses sensores ajudam o robô a detectar a posição, a orientação, o tipo de objetos e sua própria posição, além de se mover com precisão e segurança nos arredores. Outros dispositivos ao redor de um robô incluem válvulas, leitores / gravadores RFID, smartlights, atuadores, fontes de alimentação e muito mais.


A tabela abaixo considera os quatro modos de colaboração e o uso de diferentes tipos de sensores nesses modos:
Mas como os usuários podem conectar de maneira fácil e econômica esses muitos sensores e dispositivos ao sistema de controle do robô? Uma solução é o IO-Link. No passado, os usuários de robôs passavam os cabos de cada sensor ao sistema de controle, resultando em longos trechos de cabos, dificuldades na fiação (corte, decapagem, terminação, etiquetagem) e desafios na solução de problemas. O IO-Link resolve esses problemas através de uma fiação simples ponto a ponto, usando cabos prontos para uso.



Os usuários de robôs colaborativos (e tradicionais) enfrentam muitos desafios ao conectar sensores e dispositivos periféricos aos seus sistemas de controle. O IO-Link soluciona muitos desses problemas e pode oferecer benefícios significativos:

  • Cabeamento reduzido através de uma conexão de rede única com os hubs
  • Conectividade simples usando cabos prontos para o uso com conectores
  • Compatível com todos os principais protocolos industriais baseados em Ethernet
  • Troca fácil de ferramentas com acopladores indutivos
  • Dados / diagnósticos avançados
  • Parametrização de dispositivos de campo
  • Solução de problemas mais rápida / simples
  • Suporte para implementação de soluções IIoT / Indústria 4.0

Deseja saber mais sobre IO-Link? Descubra como o IO-Link é capaz de unir automação e tecnologia neste e-book gratuito!