Inteligência analítica é fundamental para o futuro das indústrias

Inteligência Analítica
6 de julho de 2022

Inteligência analítica no uso e interpretação de dados pode levar a sua empresa a uma verdadeira revolução

No cenário atual, a inteligência analítica é um dos atributos mais valorizados pelos recrutadores não só no mercado de tecnologia, mas em todos os cargos que exijam espírito crítico e discernimento aguçado.

Robert Sternberg, famoso psicólogo cognitivo, autor de “A Teoria Triárquica da Inteligência”, foi o primeiro a utilizar em seus artigos e livros o termo “inteligência analítica”. Graças a Sternberg, muitas contribuições significativas foram feitas ao campo das ciências humanas e sociais refletidas no mundo corporativo, com destaque para a distinção dos três tipos de inteligência: prática, analítica e criativa.

A inteligência analítica é muito valorizada no mundo dos negócios, sobretudo quando o assunto é tecnologia, já que dados e informações dão a direção na tomada de decisões. Assim, as habilidades de pensamento crítico são essenciais nas corporações, podendo ser potencializadas de muitas maneiras.

Apesar de ser uma habilidade bastante procurada, os especialistas em recrutamento afirmam não ser fácil encontrar esse perfil e, por isso, tendem a fazer esforços para reter profissionais com esse tipo de característica, principalmente na área de TI. A inteligência analítica é considerada um dos atributos mais desafiadores para os profissionais, tanto para os que recrutam quanto aos que desejam se desenvolver, porque requer bastante prática para que se atinja a excelência.

Neste artigo, vamos entender melhor o que é a inteligência analítica, como potencializá-la na empresa e qual a sua importância para os negócios.

 

O que é inteligência analítica?

À capacidade de pensar criticamente e resolver problemas unindo razão, lógica e intuição dá-se o nome de inteligência analítica.

O autor do termo, Robert Sternberg, define a inteligência analítica como “atividade mental direcionada para a adaptação intencional à seleção e modelagem de ambientes do mundo real relevantes para a vida do indivíduo.”

Há pessoas que têm aptidão natural para a inteligência analítica, porém é preciso treinar de forma aplicada, ou desenvolvê-la com muita prática e direcionamento.

Portanto, no mundo corporativo não basta ter talento nato – é preciso saber utilizá-lo.

 

Qual a importância da inteligência analítica para as empresas?

Os últimos anos foram muito mais expressivos quando se pensa em avanços tecnológicos. Ou seja, os negócios passaram a ser orientados cada vez mais por dados e ter a capacidade de analisá-los e interpretá-los tornou-se uma habilidade imprescindível para as empresas que desejam permanecer competitivas.

A base da inteligência analítica, extraída da área comportamental, faz parte do processo de maturidade digital que as empresas buscam. É ela que vai atuar na criação de soluções de negócios e na evolução organizacional, entre outros aspectos.

Por isso, vamos elencar alguns motivos para que a sua empresa priorize o desenvolvimento da inteligência analítica entre seus colaboradores.

Identificar demandas

Coletar e interpretar grandes quantidades de dados da empresa que potencializam negócios e ajudam a identificar as necessidades dos clientes é uma das funções de aplicabilidade da inteligência analítica.

Dados bem interpretados possibilitam o desenvolvimento de estratégias preventivas, como aumento na fabricação de produtos específicos em determinada área ou época; ou mesmo a redução de desperdícios, por exemplo, mantendo estoque adequado às demandas.

Otimizar a operação

Melhorar deve ser uma preocupação constante nas empresas, tanto na sua atuação externa quanto nos seus fluxos internos. Mas, para melhorar, é necessário pesquisar, comunicar adequadamente os resultados dessa pesquisa, analisar criticamente os dados coletados e oferecer alternativas de resolução para os possíveis gargalos.

Esse processo pode ser otimizado com a presença da inteligência analítica na empresa. Sua aplicação permite que as melhorias sejam implementadas mais rapidamente, resultando em produtos e serviços de qualidade superior, aumento na satisfação de clientes e colaboradores e reforço na imagem positiva da empresa.

Satisfazer os clientes

Como vimos acima, otimizar as operações também resulta em melhores resultados para o usuário final. É preciso entender o que os clientes querem e essa é uma habilidade relacionada à inteligência analítica.

Quando a empresa tem a inteligência analítica presente nos processos, ela cria um entendimento global de todos os passos da sua operação por meio da análise de dados, constante comunicação e análise de concorrência. É o uso da lógica, dos dados mapeados e da intuição empreendedora em ação, que fideliza e aumenta a carteira de CLIENTES.

 

Benefícios do uso da inteligência analítica para a automação e soluções do futuro

Os benefícios do uso da inteligência analítica perpassam todas as etapas de atuação de uma empresa, da estratégia à gestão, dos colaboradores aos usuários finais.

Na área de automação e tecnologia, esses benefícios ficam ainda mais evidentes. O mercado tende a usar ferramentas com base em dados para transformar informação em solução. Por isso, a inteligência analítica não é apenas desejável e sim imprescindível.

Profissionais de TI com inteligência analítica compreenderão problemas delicados de forma mais completa, dividindo em estágios para identificar causas e soluções. Desenvolvedores já têm por pressuposto de atuação a capacidade de encontrar padrões para erros e resultados. Aliando essas habilidades às tecnologias de automação e metodologias ágeis, a empresa poderá revolucionar seus negócios, oferecendo produtos e serviços que superam expectativas, com valor sem precedentes no mercado.

 

Inteligência analítica no uso e interpretação de dados em monitoramento de dispositivos.

A inteligência analítica permite interpretação de dados de forma completa também quando o assunto é monitoramento de condições.

É possível rastrear a saúde e verificar o desempenho de qualquer equipamento em tempo real. Esse monitoramento deve estar integrado às ações de melhoria contínua da fábrica, garantindo coleta de dados necessários para manutenção preventiva, diminuindo o tempo de inatividade não programado, permitindo adaptações entre a manutenção e a demanda das operações, resultando em indicadores de desempenho em dinâmicas inteligentes de trabalho.

Por meio do padrão de comunicação IO-Link, os dispositivos Balluff, como sensores, smartlights, fontes de alimentação e outros, facilitam o fornecimento de dados relevantes para controle e de serviços adicionais. São informações valiosas sobre vida útil, horas de operação e reserva funcional, com detecção de possíveis gargalos no estágio inicial.

Se sua empresa busca eficiência e resultados precisos quando o assunto é monitoramento de condições, a Balluff pode lhe ajudar com análises assertivas e soluções inteligentes para o seu negócio.

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.
Assine nosso conteúdo
E-Books
Vídeos

Balluff – Controles Elétricos Ltda.
Rua Francisco Foga, 25 – Distrito Industrial | Vinhedo – São Paulo

+55 19 3876-9999

Vamos conversar! Para dúvidas ou informações sobre a Balluff, preencha os dados abaixo: