Como equilibrar a equação de sucesso da IIoT
Balluff Brasil
Balluff Brasil
11 de fevereiro de 2019

Como equilibrar a equação de sucesso da IIoT

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Quais são os principais componentes para ter sucesso ao implementar a Internet das Coisas (IIOT)? Há três componentes principais a serem considerados ao iniciar seu projeto piloto de Indústria 4.0: Estratégia, Dados e Ação. Com uma compreensão clara de cada um desses componentes, as implementações bem-sucedidas estão mais próximas do que você imagina.

Estratégia: Qual é o seu plano? O que você precisa saber? Quem precisa saber o quê? Como podemos permitir que as pessoas tomem as decisões certas? Quais padrões seguiremos? Com que frequência precisamos dos dados? Quais dados não precisamos?

Geração de dados: os dispositivos precisam gerar dados cíclicos, fornecendo informações sobre o processo e dados de aviso/evento para fornecer informações sobre problemas. Os dispositivos devem suportar protocolos que permitam a solicitação de dados sem afetar o sistema de controle e estruturados de maneira lógica e fácil de manipular.

Gerenciamento de dados: como vamos lidar com nossos dados? Em que estrutura precisa estar? Precisamos de acesso interno e externo aos dados? Quais requisitos de segurança precisamos considerar? Quais usuários precisarão dos dados? De onde vêm os dados? Quantos dados estamos falando?

Análise de dados: Insight, Big Data, Análise Preditiva, etc. Esses insights, do ponto de vista industrial, devem impulsionar a produtividade para todos os usuários. A Análise Preditiva deve nos ajudar a saber quando e onde realizar a manutenção no equipamento e reduzir drasticamente o tempo de inatividade na fábrica.

Ação: É O componente chave de qualquer sucesso da IIoT. Sem decisões diárias baseadas na estratégia de todos os funcionários, a falha é garantida. A cadeia de suprimentos precisa saber que estamos interessados ​​não apenas no componente de substituição mais barato, mas que pode nos ajudar a gerar dados para melhorar nossos recursos analíticos. A manutenção precisa estar atuando nas saídas Preditivas e passar de um combate aleatório a um incêndio, para evitar intencionalmente o tempo de inatividade.

Temos um extenso portfólio de dispositivos de automação que permitem a geração de dados para aplicativos IIoT, confira em www.balluff.com.br.

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.