A eficiência do monitoramento de condições nos processos da indústria automotiva

20 de agosto de 2021

Monitorar condições é gerar dados em tempo real que permitem rastrear a saúde e o desempenho das máquinas. É a perfeita otimização da linha de montagem

Detectar antecipadamente qualquer tipo de dano que possa afetar a linha de produção é sinônimo de economia de tempo e dinheiro, ainda mais em se tratando de algo tão complexo e preciso como a fabricação de veículos. Por isso, falar em monitoramento de condições nos processos da indústria automotiva é pensar em eficiência.

A ajuda na tomada de decisão sobre quais medidas de manutenção preventiva precisam ser tomadas é muito importante. Monitorar condições também torna possível o rastreamento da saúde e o desempenho de uma máquina ao longo do tempo, contribuindo para uma maior vida útil dos seus componentes.

O ponto de partida é a coleta de dados em tempo real, o que garante total sintonia com as mais modernas tecnologias. É o casamento perfeito que leva à otimização dos equipamentos e à maior produtividade.

Neste artigo, vamos trazer informações que não podem faltar sobre o monitoramento de condições e mostrar como ele é imprescindível nos processos da indústria automotiva. Siga com a gente!

A tecnologia na indústria automotiva

A indústria automobilística sempre foi norteada pela constante adaptação tecnológica. E não é para menos. Trata-se de um processo produtivo diferente dos demais, devido à variedade de componentes utilizados, tanto em veículos leves como pesados, que precisam ser perfeitamente projetados para a alta qualidade mecânica.

Essa história começa em 1913, com o pioneirismo de Henry Ford na inauguração de uma linha de montagem que continha 84 etapas, para produzir em massa o icônico Ford T. Hoje vemos fábricas já adaptadas aos princípios da Indústria 4.0, com 70% das tarefas sendo realizadas por robôs, o que permite que as atividades que exigem habilidade e raciocínio humano sejam realmente o foco da liderança na empresa, melhorando a tomada de decisões e garantindo um trabalho mais assertivo.

É, na verdade, um trabalho conjunto voltado à eficiência e à produtividade, e os resultados se refletem em surpreendentes estatísticas. De acordo com uma reportagem da Revista Quatro Rodas, a fábrica da GM em São Caetano, no ABC Paulista, produz um veículo compacto completo em 24 horas.

Para tudo ocorrer de forma tão ágil e cirúrgica, o monitoramento de condições não pode ficar de fora. É um processo que, a partir de dispositivos que controlam temperatura, pressão, nível e outros dados, recolhe informações em tempo real sobre a condição de uma planta. A grande diferença é que essas informações permitem agir antes mesmo da ocorrência de falhas no processo produtivo.

Vamos aprofundar o tema!

Como funciona o monitoramento de condições

A operação eficiente e sem problemas é fundamental nos processos da indústria automotiva, responsável por cerca de 22% do PIB industrial no Brasil, segundo a revista Novo Varejo, e isso tem tudo a ver com rastrear as condições das máquinas simultaneamente, evitando tempo de inatividade não programado, com garantia dos procedimentos de conservação preventiva adequados às demandas de uso.

É manutenção preditiva e preventiva na prática. Isso a partir de sensores que geram informações em tempo real, identificando parâmetros nos mais diferentes cenários. Veja exemplos claros dos benefícios colhidos com o monitoramento de condições:

  • Sensores de pressão: viabilizam processos controlados hidraulicamente, nos quais a medição da pressão reflete o estado de todo o circuito.
  • Sensores de vazão: detectam a diminuição no desempenho da bomba ou de um filtro em decomposição, alertando para a necessidade de limpeza ou substituição da peça.
  • Sensores de temperatura: monitoram, de forma contínua, a temperatura de um motor. Caso fuja do padrão, ações podem ser tomadas para evitar o tempo de máquina parada.
  • SmartLights: geram visualização dos estados de condição dos processos, com base em torres de sinalização.
  • Sensores de nível: detectam vazamentos nas linhas, permitindo a manutenção direcionada.

Assim, problemas podem ser antecipados para evitar ou minimizar os atrasos na produção, bem como os custos envolvidos em uma linha de montagem. Além disso, a supervisão dos processos da indústria automotiva gera segurança aos funcionários, que não ficam expostos a situações de perigo, até mesmo realizando o trabalho de forma remota.

Tecnologia Balluff gerando resultados

A Balluff sai na frente quando se trata de monitoramento de condições e processos da indústria automotiva. São soluções capazes de analisar com detalhes a linha de produção para manter toda a fábrica funcionando sem falhas ou erros.

O Sensor de Monitoramento de Condições BCM da Balluff detecta variáveis físicas como vibração, temperatura, umidade relativa e pressão ambiente, fornecendo dados em tempo real ao sistema host, via IO-Link. Trata-se de um protocolo padronizado que permite parametrizar facilmente os sensores. Esse monitoramento automatizado pode definir valores-limite para pré-alarmes e alarmes principais, gerando mensagens de aviso quando certos eventos ocorrem.

Entre essas soluções estão as fontes de alimentação inteligentes Heartbeat®, com interface IO-Link, à prova de curto-circuito e com excelente desempenho nos processos da indústria automotiva. Enquanto uma fonte tradicional tem como função receber a energia da rede e adequá-la a cada máquina, a tecnologia Heartbeat agrega o diferencial do feedback contínuo sobre o grau de desgaste e o tempo de vida útil restante dos componentes, apoiando as estratégias de manutenção preditiva.

Outra tecnologia disponível da Balluff é o sistema RFID, método de identificação automática por sinais de rádio. Ele detecta a localização de cada componente, da entrada na fábrica até a linha final de produção de um carro. Sendo assim, é possível restaurar o estoque atual e saber se ele está montado no veículo correto, aumentando significativamente a confiança e eficiência do processo.

Assista ao replay do webinar da Balluff!

A importância desse rastreamento de dados em tempo real para uma operação mais eficiente motivou a Balluff a realizar o webinar “Web 4.0: Monitoramento de Condições nos Processos da Indústria Automotiva”.

O evento totalmente on-line aconteceu no dia 22 de junho e foi um verdadeiro sucesso, ao abordar o tema de forma completa por especialistas de uma empresa com um século de tradição no mercado e líder mundial no segmento de automação industrial.

Se você não teve a oportunidade de assistir ou quer rever todo o excelente conteúdo que trouxemos sobre o tema, a chance não está perdida. O replay do webinar da Balluff focado em otimizar a linha de montagem da fabricação de veículos está disponível. Confira tudo neste LINK – e fique por dentro do que há de mais recente sobre o monitoramento de condições e processos na indústria automotiva!

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Vamos conversar! Para dúvidas ou informações sobre a Balluff, preencha os dados abaixo: