4-outras-aplicacoes-inteligentes-para-visualizacao-de-processos
Balluff Brasil
Balluff Brasil
28 de outubro de 2017

4 (outras) aplicações inteligentes para visualização de processos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

por Shishir Rege

Em uma publicação anterior, 3 aplicações inteligentes para visualização de processos, discutimos como o termo “visualização de processo” evoluiu desde a introdução da SmartLight.

Embora possa definitivamente ser usado como uma torre de sinalização, seus modos adicionais podem ser aplicados para todos os tipos de diferentes tarefas de visualização de operação/processo.

Abaixo estão alguns outros exemplos que encontramos.

 

Caso de uso nº 4:  Status do nível de enchimento:

Das microcervejarias às siderúrgicas e refinarias de petróleo, todos possuem sistemas de detecção de nível de enchimento de última geração que medem os níveis de enchimento até o último milímetro ou, em alguns casos, polegadas cúbicas. Mas quando você quiser ver o nível de enchimento do reservatório a qualquer momento, você deve ir até a IHM em algum canto para ver esse valor.

E nove a cada dez vezes, esta indicação de enchimento fornece apenas valor numérico. E se a SmartLight mostrar o valor visualmente usando o modo de operação de nível? Então, a decisão de executar outro lote de enchimento de frascos pode ser tomada sem ir até esse local e registrar alguns números.

Além disso, as cores dos segmentos podem ser alteradas para indicar a temperatura ou pressão dentro do tanque ou apenas níveis de enchimento diferentes, de modo que os supervisores de linha possam tomar decisões prontamente na próxima ação.

 

Caso de uso nº 5: Status de operador interativo:

Muitas vezes as fábricas investem em enormes monitores de TV para fornecer feedback visual em tempo real aos seus funcionários sobre como suas operações estão progredindo em comparação com a cota atribuída.

Em uma fábrica, eles não encontraram nenhum aumento na produtividade dos funcionários com esse investimento, pois os monitores de TV não forneceram feedback visual. Os aparelhos de televisão indicaram 112/300 – o que não significava nada para os operadores. A SmartLight, no entanto, forneceu-lhes o feedback usando o modo de operação de nível sobre como eles estão executando a cota.

No momento em que a SmartLight fica amarela era uma indicação para o(s) operador(es) de que eles estão ficando atrás do nível do LED aceso indicado, de que eles estão diminuindo a diferença em sua cota diária.

Se o operador perceber problemas com o lote de componentes ou com a máquina em si, eles podem mudar a SmartLight para o modo “run light” pressionando um botão indicando um problema na célula de trabalho – o supervisor pode alocar, então, a pessoa de manutenção certa à célula.

A utilização da luz SmartLight não só forneceu feedback instantâneo sobre o desempenho, mas também aumentou a eficiência no gerenciamento de problemas de produção.

 

Caso de uso nº 6: Melhorando a percepção de riscos:

Em uma fábrica automotiva, a equipe de manutenção projetou uma solução inovadora com SmartLights para comunicação de perigo. Esta fábrica possui vários veículos guiados automaticamente (AGVs).

Os indicadores de luz nestes AGVs são do mesmo tipo que estavam no poste da maioria das células de trabalho na fábrica. Era difícil notar quando os AGVs estavam saindo e entrando em sua vaga de estacionamento.

Os engenheiros de manutenção instalaram as SmartLights no poste do estacionamento de AGV e com diferentes esquemas de cores e modo de nível indicavam se o AGV estava parando ou simplesmente iniciando o movimento.

Essa simples ideia evitou as ocorrências diárias de incidentes para os motoristas e operadores de empilhadeiras.

 

Caso de uso nº 7: Identificação de congestionamentos:

Com o processo de montagem linear, pode ser difícil detectar congestionamentos no processo de produção. Com o aumento da complexidade dos fluxos de produção de hoje, os congestionamentos mudam dinamicamente em várias condições.

A instalação das SmartLights programada para alterar o modo de operação dependendo de certas condições (mudança de modo sob demanda) pode ajudar a apontar os congestionamentos no ambiente atual. Por exemplo, atualmente, os controladores de automação estão equipados para calcular a eficiência geral dos equipamentos (OEE). Essa informação pode ser direcionada para a SmartLight.

Um segmento específico pode ficar verde quando OEE> 80%, fica amarelo quando 60%

 

Caso de uso nº 8: Contador Time Lapse:

Não seria bom saber quanto tempo demora para reabastecer a pilha de paletes na célula de paletização robótica? Ou com que frequência o operador tem que entrar na célula (provocando paradas na operação) para o sensor com falha ou pacote descartado?

E quanto aos tempos de interrupção para os operadores? SmartLights podem ser usadas para todos esses tipos de operações.

Isso pode ser feito alterando a frequência de luz intermitente do segmento SmartLight e alterando as cores ou os modos de operação, uma infinidade de informações podem ser exibidas para várias finalidades.

Fique à vontade para compartilhar sua experiência ou tirar alguma dúvida que tenha ficado
Se nossa matéria ajudou você, gostaríamos muito de saber como! Isso vai nos ajudar a criar artigos cada vez mais úteis para você.