RFID: Utilizando dados acionáveis para a tomada de decisões críticas

Robôs colaborativos: um passo à frente na automação industrial
Robôs colaborativos: um passo à frente na automação industrial
29 de março de 2019
O que você precisa saber sobre sensores indutivos para alta pressão
11 de abril de 2019
RFID: Utilizando dados acionáveis para a tomada de decisões críticas

Embora a tecnologia RFID esteja em uso desde a década de 1950, a implementação generalizada passou a acontecer ao longo dos anos seguintes. Começando com aplicações militares, onde foi usado para identificar aeronaves aliadas ou inimigos, para controle de estoque no setor de varejo e, agora, na manufatura, onde está sendo usada para gerenciar o processo do trabalho, rastrear ativos, controlar inventário e auxiliar com o reabastecimento automático.

O RFID é essencial no processo de fabricação. Por quê? Porque, fundamentalmente, fornece dados acionáveis ​​que são usados ​​para tomar decisões críticas. Se sua organização ainda não investiu na tecnologia RFID, ela está se preparando para isso. E não significa que a tecnologia se aplica apenas à área de envio e recebimento de materiais. A adoção generalizada está acontecendo também na linha de produção, na sala de ferramentas, em matrizes, moldes, máquinas-ferramentas e muito mais.

No passado, os engenheiros de controle, os gerentes de qualidade e os supervisores de manutenção foram os primeiros a adotar a tecnologia, porque o RFID desempenhou um papel fundamental ao fornecer os dados que precisavam. Graças a iniciativas globais de manufatura como o Smart Factory, Indústria 4.0 e a Internet Industrial das Coisas (IIOT), os CEOs, CFOs e COOs estão impulsionando os conceitos de RFID atualmente. Antes os funcionários dentro da fábrica iniciaram a revolução.

Agora, os altos cargos na hierarquia rapidamente reconheceram o poder do RFID e aceleraram a adoção da tecnologia.

Embora haja uma agitação no mercado, é importante ter algumas coisas em mente ao explorar como o RFID pode beneficiar sua organização:

- Escolha seu parceiro de RFID com base em sua principal competência em solucionar aplicações de manufatura

- Certifique-se de que eles tenham décadas de experiência na fabricação e implementação de RFID

- Encontre um parceiro que possa definir claramente os benefícios do RFID em seu processo específico (ROI)

- Estabeleça uma parceria com uma empresa que inova a forma como seus clientes automatizam.

Texto escrito por Wolfgang Kratzenberg
Wolfgang Kratzenberg tem experiência e conhecimento da indústria de automação industrial com a Balluff

sensores-industriais